sns-container
SNS-Print
cirurgiao na sala de operacoes

Serviço de Cardiologia coloca primeiro cardioversor desfibrilhador.

O Centro Hospitalar do Baixo Vouga (CHBV) anunciou esta segunda-feira, dia 14 de outubro, que o Serviço de Cardiologia colocou o primeiro Cardioversor Desfibrilhador Implantável (CDI).

«Com o início deste procedimento passa a ser possível, no CHBV, dar resposta a um grupo crescente de doentes com risco de disritmia cardíaca ameaçadora de vida, quer seja em prevenção primária, antes da arritmia, mas com elevado risco pela doença cardíaca já existente, quer seja em prevenção secundária, relativa a doentes reanimados de morte súbita», refere o CHBV.

A implantação do CDI é feita sob anestesia local e consiste na colocação, dentro do coração, de um ou mais eletrocatéteres, constituídos por fios com cerca de dois milímetros de diâmetro e revestidos, habitualmente, por silicone. Os eletrocatéteres são colocados através duma veia, ficando conectados a um gerador implantado por baixo da pele, «criando assim um sistema com capacidade de detetar e tratar este tipo de arritmias».

«Este é mais um marco na diferenciação do serviço de cardiologia e do CHBV, permitindo aos doentes da região uma mais pronta resposta, quer a nível da implantação dos aparelhos, quer através das consultas de seguimento dedicadas e evitando deslocações desnecessárias a outras instituições de saúde», conclui.

Fonte: Lusa

Voltar

Últimas Notícias

Hospital recupera consultas externas, com o apoio do Exército.
25/05/2020
António Sales alerta que “desconfinar não é descontrair”.
25/05/2020
ULS recebe câmaras para evitar contágio no combate à Covid-19.
25/05/2020