sns-container
SNS-Print


Ministra reconhece necessidade de melhorar o ritmo de respostas nesta área

A Ministra da Saúde reitera a saúde mental como uma prioridade da legislatura agora iniciada. «Há sempre muitas prioridades que competem entre si. Acreditamos que a prioridade dada à saúde mental – e a todos os tipos de respostas nesta área da saúde – é um desafio que não podemos deixar de enfrentar nesta nova legislatura», afirma Marta Temido.

O investimento que o Ministério da Saúde quer efetuar na área da saúde mental inscreve-se numa forte aposta nos cuidados de saúde de proximidade, um dos eixos prioritários para os próximos quatro anos.

Marta Temido sublinha, de igual modo, a premência de se avançar com estruturas de cuidados continuados na área «da infância e da adolescência»,  reconhecendo que «há muita necessidade de melhorar o nosso ritmo de resposta às necessidades da saúde mental». Para a Ministra da Saúde este objetivo pode ser alcançado privilegiando «as respostas de base comunitária» e «a intervenção ao nível dos cuidados continuados, as respostas de integração numa vida o mais natural e integrada possível».

Voltar

Últimas Notícias

Governo apela para «bom senso» dos portugueses no Natal.
04/12/2020
ULS Guarda dá formação à equipa da estrutura de apoio de retaguarda
04/12/2020
Programa registou mais candidaturas na região de Lisboa e Norte.
04/12/2020