sns-container
SNS-Print
laboratorios_covid_thumb

Dois mil, dos 10 mil testes de rastreio destinados à zona Centro, vão hoje para Aveiro

Aveiro vai receber hoje, dia 7 de abril, dois mil, dos 10 mil testes à Covid-19 destinados à zona Centro, e cerca de 80 serão para fazer o rastreio em dois lares daquele concelho, revelou o Secretário de Estado da Saúde.

«Aveiro tem sido uma região e um hospital que têm tido uma afluência superior ao expectável e, por isso mesmo, um consumo superior ao espectável. Para a zona Centro vão ser distribuídos hoje 10 mil testes e, destes, dois mil vão para Aveiro», afirmou António Lacerda Sales, na conferência de imprensa diária de acompanhamento da situação pandemia em Portugal.

Quanto ao Lar da Santa Casa da Misericórdia de Aveiro, onde se registaram 15 mortes de idosos associadas à Covid-19, o Secretário de Estado da Saúde referiu que «foi testada a maioria dos utentes», e que deram positivos os resultados dos testes de 78 dos 120 utentes e de 19 dos 151 profissionais.

António Lacerda Sales revelou ainda que, relativamente a outras instituições de apoio a idosos de Aveiro, «nomeadamente os de Santa Joana, vão ser testados hoje dois lares com cerca de 80 testes».

«Estão a ser feitos todos os esforços para que situação de Aveiro fique rapidamente e o mais depressa possível resolvida», afirmou o Secretário de Estado da Saúde.

O governante disse acompanhar a preocupação do Presidente da Câmara de Aveiro relativamente à situação naquele concelho e agradeceu «todos os esforços» feitos pelo autarca «para ajudar a resolver» o problema.

Questionado pelos jornalistas sobre a ausência de vagas nos cuidados intensivos do Hospital de Aveiro, António Lacerda Sales referiu a existência de uma task force responsável pela «avaliação diária da capacidade de cuidados intensivos» e o «reforço dos ventiladores».

«Temos uma capacidade expansível gerível pela administração e pelos clínicos do hospital de Aveiro. Essa é uma situação que será respondida por essa task force», afirmou.

«Aveiro é um dos municípios e uma das regiões do país com maior incidência»

O Presidente da Câmara de Aveiro, Ribau Esteves, disse na segunda-feira que 15 idosos do lar da Santa Casa da Misericórdia morreram depois de terem contraído a Covid-19, havendo ainda 99 utentes e funcionários infetados.

Em declarações à Lusa, o autarca notou que a instituição tomou todas as medidas necessárias, com a criação de «uma ala de positivos, com equipas e circuitos autónomos».

O Presidente da Câmara deixou ainda um «grito de alerta», afirmando que há lares à espera da execução de testes de despiste à Covid-19 que estavam planificados e que não foi possível realizar, porque não há zaragatoas para recolher amostras para irem para o laboratório.

O autarca fez um apelo «desesperado» para que uma parte das 80 mil zaragatoas que o Governo anunciou que iriam ser distribuídas «venha para aqui com urgência», porque «Aveiro é um dos municípios e uma das regiões do país com maior incidência».

Voltar

Últimas Notícias

OMS lança campanha dirigida às gerações mais jovens.
31/05/2020
Em empresas e locais com fatores de risco na região da Grande Lisboa.
30/05/2020
Secretário de Estado da Saúde apela à responsabilidade de todos.
29/05/2020