sns-container
SNS-Print

DGS alerta para cuidados a ter nos próximos dias. Proteja-se!

Entre os dias 15 e 18 de julho, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê um índice de raios ultravioleta muito elevado em Portugal continental e ainda valores de temperatura do ar elevados, especialmente da máxima.

A temperatura máxima deverá variar entre 30 e 35°C no litoral, devendo atingir em diversos distritos do continente valores entre 35 e 40°C. Também a temperatura mínima deverá ser superior a 20°C (noites tropicais) em grande parte do território continental, em especial no interior e no sotavento algarvio.

Os valores de temperatura estão acima do habitual para a época do ano e esta persistência de tempo quente até, pelo menos, dia 17 de julho poderá levar a uma situação de onda de calor em diversos locais do país, em especial no interior.

Neste contexto, a Direção-Geral da Saúde (DGS) recomenda:

  • Procurar ambientes frescos e arejados ou climatizados;
  • Aumentar a ingestão de água ou de sumos de fruta natural, sem açúcar e, evitar o consumo de bebidas alcoólicas;
  • Evitar a exposição direta ao sol, principalmente entre as 11 e as 17 horas;
  • Utilizar protetor solar, com fator igual ou superior a 30, e renovar a sua aplicação de 2 em 2 horas;
  • Utilizar roupa leve, preferencialmente de algodão,que cubra a maior parte do corpo, chapéu de abas largas e óculos de sol com proteção ultravioleta;
  • Evitar atividades que exijam grandes esforços físicos, nomeadamente, desportivas e de lazer no exterior;
  • Não permanecer dentro de viaturas estacionadas e expostas ao sol;
  • Correr as persianas ou fechar as portadas durante o dia. Utilizar, se possível, equipamentos de climatização;
  • Refrescar a habitação no período noturno, permitindo a circulação do ar dentro de casa;
  • Dar atenção especial a grupos mais vulneráveis ao calor, tais como, crianças, idosos, doentes crónicos, grávidas, pessoas com mobilidade reduzida, trabalhadores com atividade no exterior, e pessoas isoladas;
  • As pessoas com doença crónica devem seguir as recomendações do médico assistente ou, em caso de dúvida, contactar o Centro de Contacto SNS 24: 808 24 24 24;


Para se proteger dos efeitos negativos do calor intenso mantenha-se informado, hidratado e fresco.

Mais informação pode ser obtida na página da DGS ou através do SNS 24: 808 24 24 24.

Para saber mais, consulte:

Direção-Geral da Saúde > Comunicado

Voltar

Últimas Notícias

Hospital São Bernardo com investimento superior a 5 milhões de euros
03/08/2020
Portugal sem registo de mortes nas últimas 24 horas
03/08/2020
Mais de 60 doentes tratados em casa nos últimos seis meses.
03/08/2020