sns-container
SNS-Print

Apenas 15 municípios permanecem em risco extremo.

Portugal tem hoje 15 concelhos em risco extremo de infeção face à semana anterior, após a saída de 104 municípios desta lista, segundo os dados da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Há uma semana, Portugal tinha 119 dos 308 concelhos em risco extremo devido ao número de casos de covid-19, o que representava 38,6% do total. Hoje esse valor situa-se nos 4,8%.

O boletim divulgado esta segunda-feira, dia 22 de fevereiro, reporta a um período de incidência cumulativa a 14 dias entre 03 e 16 de fevereiro.

Há duas semanas estavam em risco extremo 219 dos 308 concelhos.

Na nota explicativa dos dados por concelhos é referido que a incidência cumulativa «corresponde ao quociente entre o número de novos casos confirmados nos 14 dias anteriores ao momento de análise e a população residente estimada».

Os 15 municípios que permanecem em risco extremo são Aljustrel, Gavião, Manteigas, Resende, Arronches, Boticas, Rio Maior, Castanheira de Pera, Castelo de Vide, Monchique, Moura, Sernancelhe, Setúbal, Ferreira do Alentejo e Penela.

Dez concelhos tiveram zero casos de infeção: Lajes das Flores, Lajes do Pico, Povoação, Santa Cruz da Graciosa, Santa Cruz das Flores, Mourão, Nordeste, Corvo, S. Roque do Pico e Calheta (Açores).

Para saber mais, consulte:

DGS > Microsite Covid-19 > Covid-19 | Relatório de situação: 22/02/2021

Voltar

Últimas Notícias

António Lacerda Sales enaltece união de esforços no combate à pandemia
04/03/2021
Investimento no Hospital de Alcobaça permite o aumento de cirurgias.
04/03/2021
Data pretende sensibilizar para a doença e implicações na saúde.
04/03/2021